Marcela Groti

Apaixonada por Jesus!!!

13

de
março

Te quero

Te quero
Mario Benedetti

 

Tuas mãos são minha carícia
Meus acordes cotidianos
Te quero porque tuas mãos
Trabalham pela justiça

Se te quero é porque tu és
Meu amor, meu cúmplice e tudo
E na rua lado a lado
Somos muito mais que dois

Teus olhos são meu conjuro
Contra a má jornada
Te quero por teu olhar
Que olha e semeia futuro

Tua boca que é tua e minha
Tua boca não se equivoca
Te quero porque tua boca
Sabe gritar rebeldia

Se te quero é porque tu és
Meu amor, meu cúmplice e tudo
E na rua lado a lado
Somos muito mais que dois

E por teu rosto sincero
E teu passo vagabundo
E teu pranto pelo mundo
Porque és povo te quero

E porque o amor não é auréola
Nem cândida moral
E porque somos casal
Que sabe que não está só

Te quero em meu paraíso
E dizer que em meu país
As pessoas vivem felizes
Embora não tenham permissão

Se te quero é porque tu és
Meu amor, meu cúmplice e tudo
E na rua lado a lado
Somos muito mais que dois.

Arquivado em: Romance I Comentários (1)

17

de
novembro

O Anel

Um aluno chegou a seu professor com um problema:

-Venho aqui, professor, porque me sinto tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada. Dizem que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e muito idiota. Como posso melhorar? O que posso fazer para que me valorizem mais?

O professor sem olhá-lo, disse:

- Sinto muito meu jovem, mas agora não posso ajudá-lo, devo primeiro resolver meu próprio problema. Talvez depois. E fazendo uma pausa falou:

- Se você me ajudar, eu posso resolver meu problema com mais rapidez e depois talvez possa ajudar você a resolver o seu.

- C…Claro, professor, gaguejou o jovem, mas se sentiu outra vez desvalorizado.

O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno, deu ao garoto e disse:

- Monte no cavalo e vá até o mercado. Deve vender esse anel porque tenho que pagar uma dívida. É preciso que obtenha pelo anel o máximo possível, mas não aceite menos que uma moeda de ouro. Vá e volte com a moeda o mais rápido possível.

O jovem pegou o anel e partiu. Mal chegou ao mercado começou a oferecer o anel aos mercadores. Eles olhavam com algum interesse, até quando o jovem dizia o quanto pretendia pelo anel. Quando o jovem mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saiam sem ao menos olhar para ele, mas só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel. Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas. Depois de oferecer a jóia a todos que passavam pelo mercado e abatido pelo fracasso, montou no cavalo e voltou.

O jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando a preocupação de seu professor e assim podendo receber sua ajuda e conselhos.

Entrou na casa e disse:

- Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu. Talvez pudesse conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel.

- Importante o que me disse meu jovem, contestou sorridente. Devemos saber primeiro o valor do anel. Volte a montar no cavalo e vá até o joalheiro. Quem melhor para saber o valor exato do anel? Diga que quer vender o anel e pergunte quanto ele te dá por ele. Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o venda. Volte aqui com meu anel.

O jovem foi até o joalheiro e lhe deu o anel para examinar. O joalheiro examinou o anel com uma lupa, pesou o anel e disse:

- Diga ao seu professor que, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro pelo anel.

- 58 MOEDAS DE OURO! Exclamou o jovem.

- Sim, replicou o joalheiro, eu sei que com tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente…
O jovem correu emocionado a casa do professor para contar o que ocorreu.

- Senta, disse o professor e depois de ouvir tudo que o jovem lhe contou disse:

- Você é como esse anel, uma jóia valiosa e única. Só pode ser avaliada por um especialista. Pensava que qualquer um podia descobrir o seu verdadeiro valor?

E dizendo isso voltou a colocar o anel no dedo.

- Todos somos como esta jóia. Valiosos e únicos e andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem.

Repense o seu valor!

Arquivado em: Diário I Comentários (0)

17

de
novembro

Procura-se um amigo

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimento, basta ter coração, precisa saber falar e calar, sobre tudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, da madrugada, de pássaros, do sol, da lua, do canto dos ventos e das canções da brisa deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar, pode já ter sido enganados, pois amigos são enganados. Não é preciso que seja puro nem que seja de todo impuro, pois somos falhos, mas Jesus nos santifica a cada dia. Não deve julgar as pessoas, deve ter um ideal e medo de perde-lo. Deve ser justo com as pessoas e dar uma nova chance, pois quem ama é humilde para perdoar não apenas sete, mas setenta vezes sete, suas principais características devem ser: ser sincero, verdadeiro, compreensivo, extrovertido, sempre de bem com a vida, deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer, pois a criança tem um amor verdadeiro e puro. Procure-se um amigo para gostar ou não das mesmas coisas que eu, que ouça o chamado de um amigo, que saiba conversar de coisas simples, de coisas importantes como memórias de infância. Precisa-se de um amigo para contar o que você viu de belo e triste durante o dia, dos anseios, das realizações, dos sonhos, da realidade, dos medos, um amigo deve estar disposto a ir com o outro onde quer que seja em ruas desertas, em uma forte tempestade, na beira de uma estrada, no mato depois de uma chuva, de deitar no capim, de nadar no rio, de acampar, de viajar, de estudar, de namorar, não importa, um tem que fazer o outro feliz. Precisa-se de um amigo que diga vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um AMIGO. Precisa-se de um amigo para parar de chorar pois ele sempre estará tentando nos fazer sorrir. Que nos abrace sorrindo e chorando e nos chame de AMIGO para termos a consciência de que ainda se vive.

 

Arquivado em: Diário I Comentários (0)

17

de
novembro

COMO UM PÁSSARO
Como deve ser bom como pássaro viver!
Voar alto pelo mundo afora,
E saber que nada tem a temer,
E que nem mesmo a morte nos assola.

Andar por caminhos desconhecidos
E descobrir o tamanho da liberdade
Mostrando que não estamos vencidos,
E sim, no auge da felicidade!

Ser livre é fazer novos amigos
É ouvir conselhos e saber o que se diz.
Liberdade é perdoar aos inimigos
Indicando-os o caminho mais feliz.

Semear concórdia em cada coração
Qualquer que seja que venha encontrar.
Importante é não esmorecer, é ter emoção,
É mostrar ao próximo o meio fácil de amar!

Seguir sempre em frente
Com alguém do lado tão perto do sol.
Delirar de emoção estando contente,
Cantarolar tal qual um rouxinol!

Arquivado em: Romance I Comentários (0)

17

de
novembro

UM DIA DOCINHO!!!

‘Um certo dia, a professora querendo saber se todos tinham estudado a lição, perguntou as crianças quem saberia explicar quem é Deus?
Uma das crianças levantou o braço e disse:
- Deus é o nosso pai, Ele fez a terra, o mar e tudo que está nela; nos fez como filhos dele.
A professora querendo buscar mais respostas, foi mais longe:
- Como vocês sabem que Deus existe, se nunca O viu?
A sala ficou toda em silêncio…
Uma aluna, na sua timidez, levantou as mãozinhas e disse:
- A minha mãe me disse que Deus é como o açúcar no meu leite que ela faz todas as manhãs, eu não vejo o açúcar que está dentro da caneca no meio do leite, mas se ela tira, fica sem sabor.
Deus existe, e está sempre no meio de nós, só que não O vemos, mas se ele sair de perto, nossa vida fica…sem sabor.
A professora sorriu, e disse:
- Muito bem, eu ensinei muitas coisas a vocês, mas você me ensinou algo mais profundo que tudo o que eu já sabia.
Eu agora sei que Deus é o nosso açúcar e que está todos os dias adoçando a nossa vida!
Deu-lhe um beijo e saiu surpresa com a resposta daquela criança.
A sabedoria não está no conhecimento, mas na vivência de DEUS em nossas vidas, pois teorias existem muitas, mas doçura como a de DEUS não existe, nem mesmo nos melhores açúcares…
Não se esqueça de colocar ‘AÇÚCAR’ em sua vida, sempre… ‘

Arquivado em: Diário I Comentários (0)

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://marcelagroti.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.